Descubra como o ioga e meditação podem ser aliados no alívio das dores crônicas

Estudo mostra que a prática regular de ioga e meditação pode aliviar de modo significativo quadros de dores crônicas.

Gabriela Giralt
Gabriela Giralt
15 de março de 2021
ioga  e meditação ajudam a aliviar dores crônicas

De acordo com um estudo realizado por pesquisadores afiliados à Sociedade Brasileira de Estudos da Dor, cerca de 39% dos brasileiros sofrem de dores crônicas. As dores crônicas são categorizadas por serem permanentes, contínuas e diárias que se estabelecem por um prazo maior do que três meses.

O estresse, a ansiedade e a falta de exercícios físicos são fatores que podem contribuir para piora do quadro da dor, a rigidez do corpo e a falta de movimento, seja como um todo ou de alguma parte em específico, podem maximizar a situação, assim como traumas e padrões de movimento repetitivos.

MyTherapy: Lembrete para medicamentos e diário de saúde

MyTherapy: Gerencie seu tratamento de forma fácil

  • Lembretes para medicamentos
  • Verificador de sintomas e bem-estar
  • Relatórios de saúde imprimíveis
  • iPhone
    Android

    Download now

    Download now

    Torcer e esticar seu corpo pode parecer o último recurso para quem precisa lidar diariamente com o desconforto da dor, mas é justamente o movimento consciente do corpo que pode ajudar a minimiza-la. A prática regular de ioga e meditação, por exemplo, ajuda a fornecer alívio significativo das dores crônicas, já que a atividade contribui para a quebra de rigidez, melhorando a circulação e a liberdade articular.

    Ioga e meditação para alívio natural da dor crônica

    Um estudo publicado pela revista científica The Journal of the American Osteopathic Association, concluiu que a meditação e a prática de ioga ajudam a estruturar algumas funções corporais.

    O estudo contou com um experimento com 28 pacientes com quadros de dores crônicas e depressão. Com idades variando entre 34 e 77 anos, todos relatavam estar em um quadro de dor crônica há pelo menos 1 ano.

    O grupo passou por sessões semanais de 2 horas e meia praticando meditação mindfulness e hatha ioga. Entre as sessões, todos eram encorajados a meditar ou praticar ioga por pelo menos 30 minutos por dia.
    Ao final do curso, 89% dos pacientes relataram que a experiência os ajudou a encontrar maneiras de lidar com a própria dor – os outros 11% afirmaram não sentir nenhuma diferença.

    Como resultado, foi comprovado um alívio significativo dos sintomas após um período de 8 semanas de programa com base no ioga e meditação. Com isso, os especialistas alertam que o foco não está apenas na cura da doença, mas em ferramentas que auxiliem as pessoas a lidar com a dor de uma maneira mais saudável.

    Dores crônicas

    Diferente de uma dor pontual, o quadro de dor crônica é contínuo e pode prosseguir por muito tempo, mesmo depois que a causa da dor já tenha sido curada.

    A dor cônica é normalmente relacionada a casos de câncer, artrite, enxaquecas, problemas nos nervos ou fibromialgia. Os tratamentos médicos estão entre as principais formas de combater a dor crônica e envolvem medicação específica para dor, opióides e antidepressivos.

    Tratamentos alternativos podem ajudar e até diminuir a quantidade de medicação para dor. Tenha apenas o cuidado de conversar com o seu médico ou com um profissional de saúde para que eles possam avaliar quais são os exercícios mais indicados para o seu caso, assim você pode evitar lesões e aproveitar todos os benefícios que a prática pode trazer.

    Outros artigos de MyTherapy:

    lembrete de medicamentos e diário de saúde mytherapy

    A app que o ajuda a controlar a sua saúde

    MyTherapy não é só um lembrete de medicamentos, mas também uma ajuda no controle da sua saúde. Serve de diário de medições e sintomas, e torna-se ferramenta para manter o médico a par da sua evolução. Receba o seu relatório de saúde com apenas um clique.